JUSTIÇA DA PARAÍBA JULGA IMPROCEDENTE AÇÃO CONTRA O BREJONEWS


A decisão proferida nesta semana pela Magistrada, Magnogledes Ribeiro Cardoso da 17ª Vara Cível da Capital,  indeferiu um pedido de indenização impetrado por Paula Roberta Queiroz Veloso em desfavor do portal de notícias BREJONEWS e Manoel Antenor da Silva Neto.
No despacho, a magistrada argumentou que não podem ser consideradas ofensivas ou difamatórias, porquanto originadas em fatos reais, suspeitas reais, envolvendo um agente público no exercício de suas atividades laborais. A justiça também reconheceu a livre manifestação de opiniões da imprensa e direito de divulgação a título de informar a sociedade sobre fatos existentes.
Para o diretor do portal, a decisão ratifica o comportamento do BREJONEWS, que sempre se pauta pela verdade e a verificação de informações recebidas, antes de divulgá-las sempre com o compromisso de informar o cidadão da melhor forma possível, opinando, criticando e mostrando os dois lados da moeda.

From Chroma Note: https://goo.gl/ScG4Hc
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.