Em Brasília, manifestantes botam fogo em Ministérios

(Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo)
Vários prédios da Esplanada dos Ministérios, em Brasília, foram depredados por manifestantes durante protestos contra o governo federal nesta quarta-feira (24).  Houve registros de incêndios  nos ministérios da Agricultura, do Planejamento e da Cultura. O Corpo de Bombeiros não contabilizou feridos.
O térreo do Ministério do Planejamento  foi atingido pelas chamas e uma sala da Secretaria de Patrimônio da União (SPU), que fica no edifício, também foi destruída.
No Ministério da Cultura, manifestantes atearam fogo em estruturas da área interna. O prédio também é sede do Ministério do Meio Ambiente. As chamas foram contidas por brigadistas.
No prédio dos ministérios da Cultura e do Meio Ambiente, documentos e computadores foram depredados. Vidros da fachada e das portas de acesso foram quebrados.
Na área externa dos prédios, lixeiras, orelhões e banheiros químicos foram incendiados e usados pelos manifestantes para montar barricadas improvisadas. Segundo a Polícia Militar, grupos levavam estilingues para atirar pedras contra policiais.
 Também foram contabilizados danos aos ministérios do Turismo, da Fazenda e de Minas e Energia. Monumentos como a Catedral Metropolitana e o Museu da República, que também ficam na Esplanada, foram alvos de pichações.
A Central Única dos Trabalhadores (CUT), contabilizaram nos atos  200 mil manifestantes no dia. Até as 15h30, a Secretaria de Segurança Pública estimava público de 35 mil pessoas no ápice dos protestos.
MaisPB com G1
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.