PROFESSOR JOÃO QUÍMICO EXPÕE FERIDA CRÔNICA EM GESTÃO ESCOLAR



O Professor João Nascimento, popularmente conhecido por João Químico, expões em seu perfil no facebook um problema antigo na Escola Estadual Odilon Nelson Dantas, localizada no município de Cuitegi-PB, distante 90 km da Capital, João Pessoa.

Professor utilizou-se de um post feito por um pai de aluno que se referia a um entulho que, segundo ele, está ali, nas imediações da escola há meses sem que a direção tenha se disponibilizado a tirar. Para João Nascimento, as dificuldades não se resumem a isso, pois ele lista uma série de outros problemas enfrentadas pelos alunos e pais daquela escola.
Ele relata que existe um laboratório de informática dentro da escola, mas não funciona; que há instrumentos musicais ociosos por falta de uso; equipamentos esportivos como bolas, padrões, televisores, retroprojetor, aparelhos de som e ventiladores, todos sem uso sem explicação. Segundo ele esses equipamentos foram adquiridos para o Mais Educação.
A nossa redação apurou que o Programa Mais Educação injetou na escola um valor de R$ 12.708,00 (doze mil setecentos e oito reais) em dezembro de 2016.
Denunciou ainda que a escola está sucateada por falta de pinturas e manutenção simples e o mais grave, falta de transparência do Conselho do Escolar, sendo que os alunos só têm como lanche suco e bolacha. A redação do site fez contato com o Fundo Nacional de Alimentação e Escolar para saber os valores que foram repassados para a merenda escolar no ano de 2016.
Tentamos contato com a Direção Escolar, mas não obtivemos sucesso. O espaço está garantido para o Diretor faça suas considerações.

Da Redação: Antonio Santos
Portal Cuitegi
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.