ACABA PRAZO DO TCE PARA O PREFEITO DE CUITEGI SE DEFENDER POR SUPOSTO MAU USO DE DIÁRIAS

O TCE-PB deu até hoje, 12 de julho, para que o Prefeito de Cuitegi, Guilherme da Cunha Madruga Júnior apresente sua defesa em um processo que apura se houve mau uso do dinheiro público concedido em diárias para que o mesmo e sua esposa, 1º Dama, Isis Madruga, participassem da Marcha dos Prefeitos em Brasília.
Segundo a denúncia, o Prefeito e a 1º Dama receberam cerca de R$ 3.600,00 (três mil e seiscentos reais) a título de diárias, concedidas a agentes públicos que se deslocam em serviço para outros munícipios. Esse dinheiro serve para custear as despesas com alimentação e hospedagem. O intrigante, segundo o processo, é que o Prefeito teria usado outra quantia para o pagamento da hospedagem. Cerca de R$ 1.400,00 (hum mil e trezentos reais) foram utilizados da Prefeitura para cobrir despesas no HOTEL SAINT MORITZ, conforme nota de pagamento.
O Tribunal de Contas, atendendo a denúncia do Vereador Vivaldo – PPS está verificando se houve irregularidades no uso do dinheiro do povo e se a prática é viciosa, já que o Prefeito tem participado de todas as Marchas acontecidas durante o seu mandato.
Nossa equipe falou com o Vereador, que se diz confiante na apuração dos fatos e espera que o TCE obrigue o Prefeito a devolver os recursos, que segundo ele, foram gastos de forma errada, pois se o Prefeito recebeu quase 4 mil reais, não haveria motivos para custearem suas despesas na Capital Federal com o minguado dinheiro do povo de Cuitegi.

DA REDÇÃO
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.