Agricultor confessa ter matado três pessoas para defender família em Santa Rita


O delegado explicou que após a discussão, as vítimas teriam ameaçado a família do jovem

Créditos: Divulgação/Seds
Policiais da Delegacia de Homicídios prendeu nesta segunda-feira, 30, u m agricultor de 20 anos, acusado de cometer um triplo homicídio na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa. O crime aconteceu no dia 10 de maio em um rio de Santa Rita. Entre as vítimas, estava uma criança de 10 anos.

Segundo o delegado de Homicídios, Carlos Othon, que conduziu as investigações, o crime foi motivado depois de uma discussão entre um irmão das vítimas e o jovem agricultor, que reclamou do consumo de drogas na frente de sua residência.

O delegado explicou que após a discussão, as vítimas teriam ameaçado a família do jovem. Ele teria confessado a autoria dos crimes, e disse ainda que matou dois irmãos e um primo depois das vítimas ameaçarem a família dele.

Quatro dias depois da ameaça, o acusado confessou que aproveitou que os irmãos e um primo estavam no rio e matou os três a tiros e facadas. O rapaz confessou que teve a ajuda de uma segunda pessoa, que está sendo procurada pela Policia.

O acusado foi levado para o Presídio Padrão da cidade de Santa Rita, onde ficará à disposição da Justiça.
Da Redação
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.