Teori Zavascki foi indicação de Dilma para o STF

TeoriO ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, determinou nesta terça-feira (23) que o juiz Sergio Moro encaminhe todas as investigações que envolvem o nome do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva para o Tribunal.

No despacho, o ministro decretou o sigilo em interceptações telefônicas envolvendo o petista. Na conversa aparecem diálogos de Lula com a presidente Dilma.
De acordo com o Jornal Folha de S. Paulo, Teori atendeu a um pedido da presidente Dilma, representada pela AGU (Advocacia-Geral da União). Em seu argumento segundo a Folha, Teori disse que Moro colocou em risco a soberania nacional ao divulgar os grampos do petista.
Indicação de Teori
Em outubro de 2012, a presidente Dilma Rousseff decidiu indicar Teori Albino Zavascki como novo ministro do Supremo Tribunal Federal, na ocasião, Teori era ministro do Supremo Tribunal de Justiça.
O anúncio da presidente ocorreu na segunda-feira, 10 de outubro de 2012, a nomeação de Zavascki foi aprovada no Senado por 57 votos favoráveis, quatro contrários e nenhuma abstenção.
Segundo o Jornal O Globo, no mesmo dia que a presidente Dilma indicou Teori, o já ministro do STF, Ricardo Lewandowski, elogiou a indicação de Zavascki para fazer parte do Supremo.
– É um excelente nome, que concilia a atividade profissional com a acadêmica – disse o ministro.
A confirmação da nomeação de Teori como o novo ministro do Supremo Tribunal Federal ocorreu numa terça-feira, 30 de outubro daquele ano.
Ele ocupou a vaga de Cezar Peluso, que deixou a corte no fim de setembro de 2012.

Nordeste1
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.