Polícias desarticulam grupo suspeito de tráfico, roubos e homicídios no Vale do Mamanguape


3d50fd06-a31b-4efe-9bd9-553fe8a4a3f4O trabalho integrado das Polícias Civil e Militar que atuam na 7ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp), Litoral Norte da Paraíba, resultou na prisão de quatro pessoas e na apreensão de dois adolescentes, nessa terça-feira (22). Todos são suspeitos de integrar um grupo responsável por tráfico, roubos e homicídios no Vale do Mamanguape. A ação foi executada por equipes da 7ª Delegacia Seccional de Polícia Civil e da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar, ambas com sede em Mamanguape.

O delegado seccional Walter Brandão afirmou que as investigações desenvolvidas pela Polícia Civil, por meio do Grupo Tático Especial (GTE) e Núcleo de Homicídios, apontam que o grupo foi responsável por assaltos ocorridos na segunda-feira (21) em Mamanguape, incluindo o roubo de duas motos, de equipamentos de informática e aparelhos celulares, que foram recuperados. Ainda foram apreendidas duas armas de fogo, meio quilo de maconha, duas balanças de precisão e um colete de uma empresa de vigilância que presta serviço aos Correios de Sapé, também roubado pelo grupo criminoso. Há investigações ainda sobre a participação de integrantes desse grupo em outros crimes, como homicídios.
O capitão Alberto Filho, comandante da Companhia, explicou que a ação começou na cidade de Mataraca, com a prisão de um homem e um adolescente e a apreensão de um revólver calibre 38. “Recebemos a informação sobre a ocorrência em Mataraca por parte dos setores de Inteligência. A dupla estava pronta para efetuar roubos. Durante a madrugada, mais três pessoas foram presas em Mamanguape e um adolescente apreendido, durante esse trabalho integrado, com a participação da Força Tática”, frisou.
“Esse é mais um trabalho bem articulado entre as forças policiais, no sentido de prender suspeitos de crimes na região, como também prevenir e reprimir a violência. Em 15 dias são pelo menos três grupos criminosos desarticulados na região do Vale do Mamanguape”, lembrou Brandão.

NORDESTE 1

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.