AJUDE! CRIANÇA DE 5 MESES, COM GLAUCOMA, PRECISA DE CIRURGIA PARA NÃO FICAR CEGA

Amigos, vizinhos e até mesmo grupos do WhatsApp estão de mobilizando para conseguir doações em dinheiro, para pagar a cirurgia da pequena Rakelly, residente na Avenida Casa Branca, em Cuitegi, na Região Metropolitana de Guarabira/PB. A criança que ainda vai fazer 5 meses nasceu com glaucoma e precisa urgentemente de fazer uma cirurgia para evitar que fique cega pro resto da vida.

Al-f-p-SNK6uWfrz-ALM_qSglP-Ry4iakXhz3ldRFCEr
Rakelly
Segundo a conselheira tutelar do município, Elisângela, que também está encabeçando a campanha, a cirúrgica custa R$3.000,00 reais (Três mil reais), fora os outros gastos com alguns exames, que terá que fazer.
Para aquelas pessoas que desejam ajudar a pequena Rakelly, dois números de telefone estão sendo colocados à disposição para entrar em contato com a família: 98745-7047 (falar com Vanessa) ou 98745-7047 (falar com Elisângela). Uma conta corrente já está sendo providenciada para que depósitos também possam ser efetuados.
Em contato com a nossa equipe, a conselheira Elisângela disse que está organizando um bingo de uma bicicleta para arrecadar dinheiro para ajudar com as despesas.
Glaucoma
Segunda principal causa de cegueira no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o glaucoma é uma doença multifatorial complexa, com características específicas, em que ocorre um dano ao nervo óptico e perda progressiva e irreversível do campo visual. Este dano óptico geralmente é causado por um aumento da pressão dentro do olho (pressão intraocular ou PIO), mas pacientes com níveis normais de pressão intraocular também podem desenvolver glaucoma.
O fato é que não existe um nível específico de pressão ocular elevada que definitivamente cause o glaucoma. E também não há um nível menor de pressão intraocular que possa eliminar por completo o risco de uma pessoa de desenvolver o glaucoma. É por isso que odiagnóstico precoce e tratamento do glaucoma são as chaves para prevenir a perda de visão.
Como é uma doença de caráter hereditário, os familiares de portadores de glaucoma precisam fazer sempre os exames preventivos.
Além da hereditariedade, também são considerados pertencentes ao grupo de risco:
– Indivíduos com mais de 40 anos de idade – o risco de ser portador de glaucoma aumenta com a idade;
– Etnia negra – os indivíduos desta etnia tendem a desenvolver o glaucoma numa idade inferior à média da população e a probabilidade de ser afetada é quatro vezes maior em relação aos brancos;
– Altos míopes – indivíduos míopes que usam lentes acima de seis graus também estão sujeitos a um risco maior de desenvolver a doença;
– Diabéticos;
– Pacientes que tiveram trauma ocular ou doenças intraoculares.
Todas as pessoas que façam parte de algum dos grupos acima devem se submeter a exames oftalmológicos com regularidade. O ideal é que pessoas que tenham histórico familiar ou pertençam a um dos grupos de risco façam exames 1 vez por ano,  a partir dos 35 anos, de acordo com orientação médica. Confira a regularidade detalhada por idade em Exames e testes.

PORTALMIDIA
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.