Jovem esfaqueado durante sexo foi o único a aceitar convite de assassina



Ex-namorado da mulher foi morto a facadasEx-namorado da mulher foi morto a facadas

Vanya Rocha, de 18 anos, suspeita de matar o ex-namorado em Vilhena (RO) durante o sexo, tinha uma lista com outros dois nomes de possíveis vítimas, segundo a polícia. Porém, o jovem de 26 anos foi o único que atendeu ao chamado da vendedora.
Meses antes do crime, o então casal de namorados trocava mensagens carinhosas nas redes sociais. Dois dias antes do crime, Vanya escreveu um texto intitulado “Eu não fui uma má namorada, você que me tornou”. A publicação foi retirada do ar.
A jovem fez uma lista com três nomes, sendo um amigo e dois ex-namorados. O único que pôde se encontrar com ela foi Marcos Cattani Porto. Para atrair a vítima, a vendedora teria dito que queria se despedir dele, pois iria se mudar de cidade.
Os dois se encontraram na casa do jovem, que morava sozinho. Durante a relação sexual, Vanya teria desferido um golpe na vítima, que morreu no local. Instantes depois, ela foi presa em flagrante.
Na delegacia, a suspeita confessou o crime e não demonstrou arrependimento. Ela afirmou ter cometido o assassinato porque teve vontade de matar, sem nenhum motivo. “Sem motivos. Só queria matar alguém, mesmo”, disse.
Do R7
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook