Esposo de sindicalista é morto com três tiros no Sertão da PB

José Rubens Barros de Araújo tinha 32 anos
José Rubens Barros de Araújo tinha 32 anos
Um homem, identificado como José Rubens Barros de Araújo, de 32 anos, foi executado na madrugada deste sábado (2), na cidade de Serra Grande, no Sertão paraibano.
De acordo com informações, o assassinato teria ocorrido por volta das 0h15 min nas proximidades do Tropical Clube. No momento do crime, José Rubens estava acompanhado de uma mulher e foi surpreendido com três tiros ao sair de uma caminhonete.
O Samu foi acionado, mas quando chegou ao local, foi constatado que a vítima já estava sem vida.
Rubens era casa com a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da cidade de Diamante, com quem teve dois filhos. Informações dão conta que ele tinha algumas passagens pela polícia por porte de arma ilegal.
A polícia ainda não encontrou o suspeito pelo crime, mas trabalha com a hipótese de rixa, já que Rubens possuía inimigos na cidade de Diamante, também no Sertão paraibano.
MaisPB
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook