Ex-tesoureiro depõe em CPI que investiga governo de Veneziano

A CPI do Tesoureiro, instalada na Câmara Municipal  de Campina Grande com a finalidade de investigar supostas irregularidades na administração do ex-prefeito Veneziano Vital do Rego (PMDB), ouve, neste momento, depoimento do ex-tesoureiro da PMCG, Rennan Trajano Farias.
Renan foi tesoureiro na gestão de Veneziano. Ele denunciou que, em 2010, entregou dinheiro em espécie ao então candidato ao Senado Vital do Rêgo (PMDB-PB), hoje ministro do TCU (Tribunal de Contas da União). Ele diz que a verba foi desviada de um contrato de R$ 10,3 milhões da prefeitura com uma empreiteira, que não executou os serviços.
Veneziano e Vital Filho negam as acusações. Após as denúncias, que tiveram repercussão nacional, a Câmara de Campina instalou uma CPI para investigar as supostas irregularidades.
MaisPB
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook