Mulher suspeita de aliciar menores para soldados do tráfico é presa na Paraíba

A Polícia Civil prendeu a dona de casa Fabiana Serafim do Nascimento, 29 anos, suspeita de induzir adolescentes para trabalharem como ‘soldados do tráfico’, em uma praça pública da cidade de Campina Grande, no Agreste do estado. Ela foi presa no fim da tarde de quinta-feira (20), no bairro do Catolé.

A prisão da mulher conhecida como ‘Galega do Catolé’, aconteceu depois de um trabalho de investigação que durou três meses, coordenado pelo delegado Lamartine Lacerda, titular da 2ª Delegacia Distrital. “Recebemos denúncia através do 197, o Disque Denúncia, e começamos a monitorar. Flagramos alguns menores na praça Clementino Procópio com pequenas quantidades. Alguns já detidos pela PM, mas soltos devido a quantidade de drogas”, disse.

O delegado revelou que uma equipe de investigação conseguiu monitorar uma dupla de adolescentes. “Eles foram seguidos e constatamos que os menores foram pegar mais drogas para vender. A casa era da ‘Galega do Catolé’. Fizemos o cerco e conseguimos confirmar à denúncia. A movimentação de entra e sai de pessoas era grande no imóvel”, revelou.

Durante a abordagem, os adolescentes conseguiram fugir. Fabiana Serafim foi presa e com a suspeita os policiais apreenderam pedras de crack e envelopes de cocaína, que estavam prontas para venda, além de material para fracionamento e embalagem da drogas, munições e dinheiro.Na delegacia ela negou o aliciamento de menores, mas disse o entorpecente era dela.

O delegado Lamartine Lacerda confirmou que a suspeita vai responder por de tráfico de drogas, posse de arma de fogo e corrupção de menores. Ela foi levada para o presídio feminino de Campina Grande.

190PB

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.