Iremar Flor tem certidão negativa da Justiça e será candidato em Pilões

‘Estou em dia com a Justiça Eleitoral’, afirmou Iremar.





O ex-prefeito de Pilões Iremar Flor, afirmou em conversa com o Nordeste1 que lançará sua pr-é-candidatura a prefeito de Pilões, Iremar governou aquele município de 2008 a 2011.
“Vou apresentar novamente meu nome à consideração dos pilonenses. O trabalho que iniciamos precisa ter continuidade.”, afirmou o líder oposicionista.
Iremar Flor disse que a oposição ao seu grupo costuma afirmar que o mesmo não pode ser candidato por ter problemas com a Justiça Eleitoral. “Na verdade ele temem a mina candidatura, pois sabem que o povo nos quer novamente à frente do município”, comentou.
O ex-prefeito Iremar Flor apresentou cópia de Certidão Negativa emitida pelo Tribunal Superior Eleitoral, o TSE, datada do dia 13 de agosto, a qual informa que o mesmo está quites com a Justiça Eleitoral.
Ele afirmou também que o povo de Pilões se decepcionou com a prefeita Adriana Andrade, a qual não fez uma obra sequer e levou o município ao caos administrativo,
“Nos ajudamos a elegê-la, mas infelizmente ela afastou-se do povo e seu governo tem um desempenho abaixo da média. Por isso as eleições do próximo ano serão fundamentais para que, com a vitória da oposição, Pilões possa retomar a rota do crescimento”, salientou o ex-prefeito.
Curtinho Nordeste1
Curtinho é aliado de Iremar
O desportista Marcus Curtinho, aliado de Iremar Flor, e presidente do Botafogo de Pilões, comentou a decisão da Justiça Eleitoral.  Ele disse que a população de Pilões esperava com muita ansiedade o anúncio da candidatura de Iremar Flor. “A candidatura de Iremar alegra muito o povo de Pilões. Ele é amigo dos pobres e tem o cheiro das pessoas simples”, comentou Curtinho.
Marcos Curtinho tem seu nome lembrado para disputar uma das cadeiras na Câmara de Pilões e também para, eventualmente, ser o companheiro de chapa de Iremar.
Por fim, Iremar Flor informou que deve reunir liderança da oposição nos próximos dias, a fim de avaliar a conjuntura política e construir alianças.
Confira os documentos


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.