Flamengo confirma contratação do meia Ederson, que estava no Lazio, da Itália

RIO DE JANEIRO (RJ) - No último dia da janela de transferências da Europa, o Flamengo anunciou a contratação do seu último reforço para a temporada, o meia Ederson, que estava no Lazio, da Itália, e chegará para vestir a camisa 10 rubro-negra, encerrando a longa espera da torcida - o número estava vago desde o início do ano. O diretor executivo de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, confirmou a contratação no início da noite desta terça-feira, no Ninho do Urubu.

- Ederson fechou com a gente. Ele já rescindiu contrato com o Lázio, já assinou conosco um contrato de trabalho até o final de 2017. Ele chega na sexta-feira e é para vestir a camisa 10. Abriu mão de muita coisa para estar aqui. Importante para a torcida saber o quanto ele está valorizando a oportunidade de vestir a camisa do Flamengo - informou o dirigente. - Provavelmente ocorra a apresentação oficial dele na sexta-feira - completou.

A missão mais importante do novo reforço será criar jogadas e municiar a dupla de atacantes Emerson Sheik e Guerrero, também recém-chegados ao clube.

Paulista do interior (nasceu em Parapuã), Ederson tem 29 anos. No Brasil ele jogou por Internacional e Juventude. Na Europa atuou nos franceses Nice e Lyon e depois no Lazio.

Graças à rescisão de contrato com o clube italiano, que tinha duração até o meio de 2016, Ederson tem como ser inscrito no Campeonato Brasileiro num prazo mais extenso: até 15 de setembro, data limite para que os atletas tenham condição de jogo para participar da competição. Não fosse a rescisão, o Flamengo teria que inscrevê-lo dentro do prazo de encerramento da janela europeia, que é à meia-noite desta terça.

Pouco antes do anúncio oficial do Flamengo, o Lazio havia publicado em seu site oficial um curto comunicado informando que o jogador não fazia mais parte do elenco azul e branco, sinal de que Ederson estava bem perto da Gávea. Com a chegada do camisa 10, Rodrigo Caetano considera que o elenco rubro-negro está fechado para o restante da temporada.

- Hoje, entendemos que temos um elenco bem mais equilibrado do que no início do Brasileiro. Sabemos que ainda pode ocorrer alguma saída, até 31 de agosto (quando fecha a janela de saída para a Europa), e aí podemos precisar de algum reforço para repor essa saída, mas se nada ocorrer, o elenco está fechado - observou.

Ederson, que ainda tinha dois anos de contrato com o Lazio, teve participação fundamental no sucesso da negociação, segundo Rodrigo.

- É um atleta que tem mercado na Europa, tinha sondagens, mas preferiu voltar ao seu país, porque ainda tem metas a cumprir, e é bom quando se contrata um jogador que ainda tem essa chama acesa. Ederson abdicou de uma parte financeira relevante para estar aqui, algo que dificilmente acontece hoje, quando a primeira discussão é exatamente a parte financeira. Desta vez, não foi assim. Com isso, mantivemos o nosso orçamento, e contamos com um jogador com experiência na Europa - observou Rodrigo, afirmando que o Flamengo não precisou pagar qualquer valor para o Lazio.

- Não houve negociação do Flamengo com o Lazio, apenas com o atleta, que negociou diretamente com o clube italiano sua saída.

Caetano também apresentou nesta terça-feira o zagueiro César Martins, anunciado no último sábado pelo Flamengo. O clube carioca contratou o defensor por empréstimo de um ano, sem opção de compra, mas tanto Rodrigo Caetano quanto o jogador acreditam numa possibilidade de extensão do vínculo no futuro.

- Espero conquistar muitas coisas aqui no Flamengo e, quem sabe, no próximo ano, continuar aqui - afirmou César Marins, de 1,90m e 22 anos.

De O Globo Online
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.