Mãe sufoca bebê para irritar ex-namorado

Jovem gravou tortura e mandou as imagens para o ex-namordo  (imagem: reprodução)
Jovem gravou tortura e mandou as imagens para o ex-namordo (imagem: reprodução)
A estudante Andressa Freitas de Souza, de 20 anos, de Uruçuí, no Piauí, foi presa em flagrante na manhã desta terça-feira (19),  suspeita de sufocar sua filha, um bebê de seis meses.
A jovem gravou a tortura e enviou para o pai da criança, David Oliveira,  que mora no Pará. David recebeu as imagens e, indignado, enviou para amigos pelo WhatsApp.  As imagens logo chegaram às mãos da polícia
De acordo com o delegado responsável pelo caso, David Allan Gomes Nolêto, a mulher foi encontrada em sua casa, com o bebê no colo, e confessou o crime.
O delegado conta que Andressa gravou o vídeo para causar raiva no pai da criança. Nolêto afirma que Andressa não tentou se defender em nenhum momento e que ela estava calma na hora da prisão.
— Ela não pareceu surpresa com a prisão. Ela foi muito fria.
Andressa foi presa e irá responder por tortura, com pena que varia de dois a oito anos de prisão, além de aumento da pena porque o crime foi cometido contra uma criança.
Nas redes sociais, Andressa parecia uma mãe carinhosa e orgulhosa da filha.
O bebê está com a avó materna, que afirmou à polícia desconhecer a agressão.
O delegado não descarta ouvir a mãe de Andressa, porém talvez não seja necessário já que a suspeita confessou o crime.  O celular da suspeita passará por perícia.
R7

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.