Menino de dez anos é apreendido suspeito de ser mentor de assalto a mercadinho, na Paraíba


Junto com a criança, um adolescente de 17 anos também foi apreendido. Um terceiro suspeito, maior de idade, conseguiu fugir da polícia com a ajuda do garoto, que enrolou a guarnição os levando a locais distantes
Reprodução/Google Street View
Município de Nova Floresta
Uma criança de apenas dez anos de idade foi apreendida, junto com um adolescente de 17 anos, suspeitos de participar de um assalto a um mercadinho no município de Nova Floresta, no Agreste paraibano, a 230 km de João Pessoa. Segundo a Polícia Militar, o menor é um dos mentores do assalto e até enrolou a guarnição, que buscava um homem também suspeito de participação no crime, levando a polícia a locais distantes, para dar tempo de fuga ao comparsa. O menino de dez anos foi um dos mentores do assalto

 Portal Correio

O adolescente de 17 anos teria ido mercadinho momentos antes do assalto para averiguar a movimentação do estabelecimento. Segundo o soldado Idalécio, da PM em Nova Floresta, o jovem teria repassado as informações do local ao homem e a criança, que cometeram o assalto.

“O adolescente foi até o mercadinho, comprou um produto e saiu. Ele fez isso para ver a movimentação e passou as informações a maior de idade e a crianças, que fizeram o assalto. Eles utilizaram uma espingarda de fabricação artesanal, roubaram R$ 400 e depois fugiram”, afirmou o soldado.

O dono do estabelecimento acionou a PM, que seguiu em diligências e conseguiu localizar o adolescente. Com ele, os policiais conseguiram o nome do outro suspeito, mas ainda não sabiam da participação da criança no assalto.

“Apreendemos o menor de 17 anos e fomos até a casa do outro suspeito. Para a nossa surpresa, identificamos o nome como sendo da criança de 10 anos e ficamos abismados com o caso. Falamos com a avó da criança e o apreendemos. Também recuperamos R$ 100 que estavam com o garoto”, disse o soldado.

Em posse dos dois menores, a guarnição iniciou buscas pelo homem que estaria com o resto do dinheiro roubado. 

“Seguimos com eles até vários locais apontados pela criança onde estaria o suspeito maior de idade. Para a nossa surpresa, após algum tempo, o garoto confessou que fingiu tudo e constatamos que ele estava apenas fazendo nossa guarnição perder tempo para que o homem pudesse fugir. Estamos perplexos com a audácia, inteligência e capacidade desse menor de idade em já cometer crimes e mentir para dar fuga a outro suspeito”, contou o soldado Idalécio.

Os menores e a arma caseira foram encaminhados até uma delegacia para averiguações. O terceiro suspeito do assalto continua foragido.
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.