Gato é capturado entrando em presídio da PB com celulares, chips e carregadores


De acordo com Marlúcio Azevedo, chefe de segurança e disciplina do presídio, essa é primeira vez que um gato é usado para burlar a segurança em uma unidade prisional
Divulgação
Material estava preso no corpo do gato
Agentes penitenciários do Presídio Padrão Romero Nóbrega de Patos, a 317 km de João Pessoa, capturaram um gato carregando celulares, baterias e carregadores de telefone móvel. O animal foi encontrado pelos agentes no final da noite desse domingo (5) depois que ele ficou preso entre às grades.

De acordo com Marlúcio Azevedo, chefe de segurança e disciplina do presídio, todo o material estava preso ao animal através de fitas adesivas e esparadrapos. O gato foi usado para levar os equipamentos para dentro da penitenciária.
“Quando o gato tentava passar pelas grades – que ficam na portaria  e dão acesso ao pátio – ele ficou ‘engalhado’ devido os celulares presos no corpo. Capturamos o animal e encontramos 4 celulares, 7 chips. e quatro carregadores presos por fita adesiva no corpo. Fizemos um rastreamento nas imediações no presídio, mas não conseguimos prender os responsáveis pelo crime e ainda não conseguimos identificar o preso que seria beneficiado com o material ”, falou Azevedo.
Ainda segundo o chefe de segurança, essa é primeira vez que um animal é usado para burlar a segurança em uma unidade prisional. O gato será levado para o Centro de Zoonoses de Patos ainda nesta segunda-feira (6). Portal Correio


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.