Deputado da oposição não aguenta críticas e estuda possibilidade de desistir da vida pública

 Considerado pelos jornalistas que cobrem a Assembleia Legislativa da Paraíba como um dos parlamentares mais atuantes, o deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) vive um momento político bastante delicado: está envolto a um verdadeiro dilema familiar e sofre um sério processo de desgaste junto à imprensa em Guarabira, sua principal base política.

RANIERYTido como um nome certo para migrar da bancada oposicionista para os braços do governador Ricardo Coutinho (PSB), Paulino que decidiu permanecer na oposição, encontra fortes resistências dentro de casa por conta do posicionamento político dos seus pais, Roberto e Fátima, que abraçaram o projeto socialista e esperavam uma sinalização de apoio do filho à bancada governista. É válido destacar que hoje, o líder do Clã Paulino, o ex-governador Roberto Paulino tem dado declarações de insatisfações com o tratamento dispensado por Ricardo Coutinho, situação que pode ser revertida com uma boa conversa, assim como aconteceu no segundo turno das últimas eleições.


Se não bastassem os problemas partidários, pois é figura isolada do PMDB na Casa de Epitácio Pessoa, Raniery que é tido como uma pessoa transparente e de caráter enfrenta um inimigo silencioso: o secretário executivo da Comunicação Célio Alves que tem pretensões políticas na Rainha do Brejo paraibano.

Informações de bastidores obtidas pelo PB Agora, dão conta que Raniery não tem aguentado as críticas diárias desferidas pelos radialistas ligados ao esquema
governistas e já estuda a possibilidade de abandonar a política ao término do mandato.

O PB Agora também tomou conhecimento que o deputado, que exerce o seu terceiro mandato na Casa de Epitácio Pessoa, não aguentou as calúnias e a boataria lançada no seu principal reduto político, fazendo com que estude a possibilidade de lançar um parente nas próximas disputas representando o grupo Paulino.

“São diminutas as chances dele disputar a Prefeitura de Guarabira”, contou uma pessoa próxima ao parlamentar pedindo anonimato.

“Raniery anda muito triste, tudo por conta da baixaria na política!”, desabafou o interlocutor. O PB Agora entrou em contato com o deputado Raniery Paulino e o seu celular estava desligado,

Henrique Lima

PB Agora
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.