Advogado alerta que se Pamela Bório contar tudo o que sabe, mudará a história política da PB

“Se Pamela Bório contar tudo o que sabe, ela mudará a história política da Paraíba”. Foi com essa convicção que o advogado Gilvan Freire comentou as novas postagens da ex-primeira-dama da Paraíba no Instagram em que declara, entre outras coisas, que o assassinato do jovem especialista em Computação, Bruno Ernesto Morais, foi motivado pelo escândalo Jampa Digital.

Ele comparou o destemor de Pamela com o da ex-primeira-dama de São Paulo, Nicea Pitta, que após o divórcio com o ex-prefeito Celso Pitta delatou diversos esquemas de corrupção que levaram seu ex-marido a cassação e, posteriormente, a prisão.

“Existem muitas semelhanças. Ambas se sentiram usadas e enxotadas. Viveram os dois lados da moeda: o encanto e o desencanto”, disse Gilvan.

De acordo com o advogado, o governador da Paraíba se valeu da ex-primeira-dama até alcançar o seu objetivo que era se reeleger, fazendo com que não escapasse do seu controle até a eleição.

“O que Pamela sabe é coisa muito grave, pode desestruturar por completo a imagem de Ricardo Coutinho. Não menosprezem essa possibilidade. Podem vir muitos problemas por aí, tão grandes que todos levarão muito tempo para digerir”, alertou.

“Um homem público não tem vida pessoal, a vida dele é pública. Aquele audio da ameaça que ele faz a ela revelou uma postura bizarra para uma pessoa que governa um Estado”, lembrou Gilvan.

Ainda segundo ele, mesmo que não apresente imediatamente as provas, Pamela Borio pode prestar uma grande contribuição a Polícia Federal e a Justiça para a elucidação de muitos fatos obscuros.

“Talvez as consequências dessas revelações não venham a fazer bem a Pamela. Ela está ferida e mulher nesse estado é capaz de fazer estragos”, afirmou.

Por fim, o advogado sugeriu que Pamela escrevesse um livro relatando todos os seus dramas pessoais na convivência com o governador, como fez a ex-primeira-dama da República, Rosane Collor.

BLOG DO GORDINHO
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.