ONU reconhece João Pessoa como cidade modelo no combate à pobreza


Chediek explicou que para alcançar esses objetos é preciso contar com o poder público, e a sociedade civil, para que além de se engajar numa grande rede de solidariedade, também cobre ações dos governos
Diego Nóbrega (Jornal Correio da Paraíba)
Jorge Chediek e Beatriz Ribeiro
O embaixador da Organização das Nações Unidas (ONU) no Brasil, Jorge Chediek, reconheceu a cidade de João Pessoa como modelo de combate à pobreza e promoção da Justiça Social. O reconhecimento foi feito nesta quinta-feira (19) durante pronunciamento do embaixador na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).



O embaixador explicou que no ano 2000, A ONU traçou metas para melhor a qualidade de vida e o acesso a serviços básicos em todo o planeta. Essas metas fazem parte do projeto chamado de Objetivos do Milênio (ODM). 

Chediek explicou que para alcançar esses objetos é preciso contar com o poder público, responsável pela implantação de políticas que podem mudar a vida de cada cidadão, e a sociedade civil, para que além de se engajar numa grande rede de solidariedade, também cobre dos governos as ações que beneficiam a população.

O compromisso se mantém com a execução de programas nas secretarias municipais, algumas com maior ênfase, como é o caso da Secretaria de Desenvolvimento Social, que gerencia ações como a distribuição de cestas básicas para famílias em situação de pobreza e enxovais para recém nascidos e os restaurantes populares, que garantem segurança alimentar oferecendo refeições ao custo de R$ 1,00, reduzindo a fome e a miséria. Na Secretaria de Saúde, programas como o pré-natal e o incentivo ao aleitamento materno fecham o cerco à mortalidade infantil e melhoram a saúde das gestantes. 

“A ideia de uma construção de uma sociedade mais justa, com menos pobreza foi assumida pela Paraíba e esta cidade virou modelo”, afirmou Chediek.Portal Correio
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.