Mulher é presa enquanto fazia aborto na Baixada Fluminense


ABORTO
Uma mulher foi presa enquanto realizava um aborto em uma clínica clandestina em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Rosane Barboza foi presa em flagrante na noite de quinta-feira (5) na casa onde atendia as mulheres.
Em depoimento, a suspeita disse que realizava cerca de 15 abortos por mês. Rosana também contou como aprendeu a fazer o procedimento.
— Ninguém me ensinou a fazer nada. Primeiro aprendi a fazer em mim, depois eu fazia nas meninas.
Os policiais chegaram na casa, que fica em uma região disputada pelo tráfico e pela milícia, após uma denúncia. De acordo com as investigações, os abortos eram praticados num quarto com menos de 3 m² em cima de um tapete, sem as menores condições de higiene.
Uma grávida de dois meses também foi detida. Ela tem 25 anos e sete filhos e estava se preparando para fazer o segundo aborto na mesma clínica quando os policiais chegaram. Rosane já foi presa pelo mesmo crime há oito anos.  Agora ela vai responder por aborto com consentimento, cuja pena pode ser de 1 a 4 anos de prisão.
A grávida, que não teve a identidade revelada e pretendia passar pelo procedimento sem o consentimento do marido, vai responder em liberdade.
R7
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.