Luiz Couto defende reforma política para superar corrupção



Segundo Couto, o PT propõe um modelo de reforma que melhoraria o sistema político brasileiro

O deputado Luiz Couto (PT-PB) afirmou nessa segunda-feira (16), em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal, que uma reforma política é necessária para superar a corrupção. Segundo ele, sem as alterações nos mecanismo que regem a lógica da política nacional“continuaremos assistindo ao triste espetáculo dos escândalos de corrupção, que minam o orçamento público e a credibilidade na classe política em geral”.
- A reforma política, portanto, é essencial para nossa sociedade enfrentar a corrupção, superar a crise da democracia representativa e fortalecer a democracia participativa neste momento delicado de nossa vida política nacional -, reforçou.
Segundo o parlamentar, o seu partido, o PT, propõe uma reforma que melhoraria o sistema políticobrasileiro e reaveria a credibilidade da classe política perante o clamor nacional por mais transparência nas atividades políticas. “O PT propõe alterar as regras das eleições para melhorar o sistema político brasileiro, fortalecer a democracia e dar mais transparência ao processo eleitoral. Há um clamor nacional para que os costumes políticos sejam oxigenados, mais transparentes, mais justos e menos onerosos”, disse.
Ele ainda listou os principais pontos incluídos na reforma sugerida pelo PT: voto em lista e o fortalecimento dos partidos políticos; mais mulheres em todas as instâncias da política; financiamento público de campanha; defesa do voto proporcional para a composição dos Parlamentos em todos os níveis; defesa da democracia participativa e regulamentação dos mecanismos de participação social previstos na Constituição Federal; fim das coligações partidárias nas eleições proporcionais; regras para fortalecer a democracia interna dos partidos; teto de despesa para a campanha; fidelidade partidária.

WSCOM Online
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.