Em apenas quatro dias, 40 pessoas são presas por roubos e porte de armas na PB


Ações aconteceram das 7h da última segunda-feira (9) até as 7h desta quinta-feira (12) em onze cidades do estado
Divulgação
Ao todo, oito armas foram apreendidas
A Polícia Militar deteve 29 suspeitos de roubos e furtos, das 7h da última segunda-feira (9) até as 7h desta quinta-feira (12), nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Dona Inês, Guarabira, Sumé, Nova Floresta, Patos, Catolé do Rocha, Serraria, Alhandra e Barra de Santa Rosa. Entre os detidos, doze foram por roubo a pessoa e seis por furto a estabelecimentos comerciais. As outras ocorrências foram por roubo a ônibus e roubos e furtos de veículos.

A última prisão ocorreu no município de Barra de Santa Rosa, no Agreste, onde um homem de 32 anos foi flagrado com vários aparelhos eletrônicos e produtos levados de um mercadinho arrombado por ele e outros dois suspeitos, que conseguiram fugir.
Em João Pessoa, que teve dez suspeitos detidos no período, um adolescente suspeito de praticar vários assaltos no bairro de Manaíra foi apreendido em flagrante, na noite dessa quarta-feira (11). O jovem, que vai completar 18 anos no próximo dia 24, foi detido após praticar vários roubos a pessoas, na Avenida Eutiquiano Barreto. Entre as vítimas está uma médica, que reconheceu o suspeito. Com ele, foram apreendidos aparelhos celulares e dinheiro roubados nos assaltos.
Em todos os casos, os suspeitos foram apresentados nas delegacias. Nas ocorrências com penas até quatro anos (a maioria dos detidos por furtos) foram arbitradas fianças aos suspeitos e eles responderão em liberdade, de acordo com a legislação brasileira.
Armas de fogo
A Polícia Militar apreendeu oito armas de fogo, nessa quarta-feira (11), durante ações nas cidades de João Pessoa, Aroeiras, Campina Grande, Serraria, Alhandra, Ingá e Patos. No total, 11 suspeitos foram detidos.
Um deles foi flagrado com uma espingarda e uma pistola de brinquedo, dez minutos após tomar uma moto por assalto, no Distrito de Mata Redonda, na cidade de Alhandra, Litoral Sul do Estado. O suspeito tem 17 anos de idade e foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil, em Alhandra.
Em Mangabeira, na Capital, um morador de rua que estava sem documentos foi detido com um revólver calibre 38, praticando assaltos na Rua Antônio Pereira de Castro. Quando a Polícia Militar chegou, o suspeito estava sendo agredido por algumas vítimas. Ele recebeu atendimento hospitalar no Trauma de João Pessoa e depois foi encaminhado para a 12ª Delegacia Distrital.
Entre as armas apreendidas, três eram espingardas e as outras cinco, revólveres. A pena para a posse ilegal de armas, nestes casos de calibre de uso permitido, é de dois a quatro anos e multa, mas os detidos podem responder em liberdade, já que o crime é afiançável.Portal Correio

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.