Cagepa e PM encontram furto de água em propriedade rural de vice-prefeito


Segundo o cabo Wagner Augusto, a ligação clandestina vinha para Adutora do Congo para o sítio do vice-prefeito da cidade de Camalaú, Alexandro Bezerra
Reprodução/ O Pipoco
Encanação retirada da propriedade do gestor
Uma ligação clandestina de furto de água em uma adutora foi encontrada dentro da propriedade rural do vice-prefeito da cidade de Camalaú, Alexandro Bezerra dos Santos (DEM), conhecido como "Sandro Môco". A fiscalização da Cagepa em parceria com a Polícia Militar ocorreu no município de Congo, no Cariri paraibano a 274 km de João Pessoa. O caso foi revelado nesta quarta-feira (4).

Segundo o cabo Wagner Augusto, do Destacamento da PM do Congo, a Cagepa está realizando inspeções às margens de açudes e adutora para evitar o furto de água e pediu apoio da Polícia Militar para acompanhar as fiscalizações temendo represálias.
“A equipe da PM estava acompanhando o pessoal da Cagepa quando os técnicos localizaram a instalação que sai da Adutora do Congo para o sítio Riacho dos Cavalos, que é de propriedade do vice-prefeito Alexandro. Foi retirada toda a instalação na entrada da propriedade rural”, confirmou o cabo Wagner. Ainda segundo a PM, a água furtada estava sendo usada no abastecimento da casa como na criação de peixes. A encanação foi apreendida.
De acordo com dados da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA), a Adutora do Congo está no limite considerado crítico. O sistema de abastecimento possui a extensão total de quase 138 quilômetros e abastece os municípios de Serra Branca, São João do Cariri, Sumé, Parari, Gurjão, Prata, Ouro Velho, Amparo, Monteiro, São José dos Cordeiros e Livramento.
Portal Correio tentou contato com o vice-prefeito, através dos números que constam na página da Prefeitura de Camalaú, mas os constantes telefonemas não foram atendidos. A reportagem ligou para a Gerência da Cagepa na Borborema, mas o chefe do setor estava em reunião, sem previsão de saída.Portal Correio
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.