Níger aprova envio de tropas à Nigéria para combater Boko Haram


boko haram
O Parlamento do Níger aprovou nesta terça-feira (10) por unanimidade resolução que aprova o envio de um destacamento militar para a Nigéria, a fim de ajudar a combater o grupo extremista Boko Haram.
“A resolução passou por unanimidade. Todos os 120 deputados votaram a favor”, afirmou fonte do Parlamento do Níger. Outra fonte, citada pela agência AFP, informou que a resolução autoriza o envio para a Nigéria de 750 militares.
No dia 30 de janeiro, a União Africana pediu a criação de uma força regional de cinco países, com 7,5 mil integrantes, para combater o aumento de insurgentes do Boko Haram.
O grupo quer instaurar um califado no Norte da Nigéria, majoritariamente muçulmano, ao contrário do Sul, de maioria cristã.
O Chade, que já apelou à formação de uma coligação de países da região contra o grupo extremista, enviou um contingente militar para Camarões, país que faz fronteira com a Nigéria, para ajudar a combater os ataques do Boko Haram.
A violência da insurreição do grupo e de sua repressão pelas Forças Armadas nigerianas já causou mais de 13 mil mortes desde 2009 e cerca de 1,5 milhão de refugiados e deslocados.
Manson está preso há mais de 40 anos e cumpre prisão perpétua pelo assassinato de sete pessoas, entre elas Sharon Tate, esposa do cineasta Roman Polanski, que estava grávida de oito meses na época.
Agência Brasil
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.