MFP determina que HU da UFPB contrate 978 aprovados em concurso


HU UFPB
O Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW) que promova a imediata contratação e posse de todos os 978 profissionais de saúde aprovados no último concurso feito pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSerh). A recomendação foi expedida na última quarta-feira (04).
O hospital tem prazo de 15 dias úteis, a contar do recebimento, para informar se acatou ou não a medida, apresentando, inclusive, a data de contratação e posse dos concursados.
O procurador regional dos direitos do cidadão José Godoy Bezerra de Sousa considerou grave a carência no quadro de pessoal do HULW, apurada em inquérito civil pelo MPF. A investigação abrange a falta de equipamentos, materiais e estrutura física adequada, bem como precárias condições de trabalho para os profissionais que laboram no referido hospital.
Para o Ministério Público, a questão da deficiência de pessoal é considerada uma das mais urgentes, pois resulta no funcionamento inadequado de diversos setores da unidade de saúde, levando o hospital a realizar contratações irregulares.
O MPF também considerou a recente realização de concurso público para a contratação de profissionais de saúde, com a criação de 978 vagas e as notícias veiculadas em diversas mídias, dando conta que, dos 978 profissionais aprovados no concurso, apenas 150 foram nomeados e tomaram posse.
MaisPB
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.