Mesmo com chuva, público acompanha terceira noite do Carnaval Tradição

A noite foi animada por duas batucadas e quinze ursos carnavalescos

Nem a chuva desanimou o público que compareceu na noite desta segunda-feira (16) na Avenida Duarte da Silveira para acompanhar o terceiro dia de apresentação do Carnaval Tradição de João Pessoa. Ao todo, duas batucadas e quinze ursos carnavalescos animaram os milhares de foliões que estiverampresentes na festa. Nesta terça-feira de carnaval, se apresentam os Clubes de Orquestra de Frevo (programação abaixo).
A festa, que completa 100 anos em 2015 e tem oapoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), começou por volta das dezenove horas, com as apresentações das Batucadas Águia de Ouro e Nova Liberdade. Logo após, foi a vez das tradicionais Ala Ursas se apresentarem. As arquibancadas ficaram lotadas e o público pode torcer e gritar pela sua agremiação favorita.
O funcionário público Haroldo José Viana levou toda família para acompanhar o desfile. “Como moro aqui perto, sempre venho ao Carnaval Tradição. É um espetáculo e faz parte da minha história, quando meus pais me traziam na infância”, lembrou. A esposa dele, Maria Goretti Viana, completou. “De manhã, eu já fico chamando. Trouxe até minha neta de dez anos, que tem que passar para as outras gerações”, frisou.
Quem também levou toda a família para acompanhar o desfile dos Ursos Carnavalescos foi a Tereza Limeira, moradora do bairro de Mangabeira. “Todos os anos, eu venho olhar com minha filha, minha neta e o namorado dela. É uma festa tranquila, sem violência, feita realmente para as famílias da Capital”, afirmou.
Outra frequentadora fiel do Carnaval Tradição é a aposentada Francisca Alves dos Santos. “Eu já venho para esse carnaval há 35 anos. Antes, eu trazia meus filhos. Agora, já sao os netos que acompanham essa festa tão importante de João Pessoa”, ressaltou ainda fazendo um convite para os paraibanos. “Traga sua família também. Não deixe a cultura da nossa cidade morrer”.
Comerciantes – Cerca de cem comerciantes informais trabalham durante os quatro dias de uma das festas mais tradicionais de João Pessoa. São barracas de comidas e vendedores de milho, pipoca e espetinhos. Uma delas é a Maria de Fátima da Costa, que vende espetinhos há dois anos no evento. “O movimento está sendo muito bom, apesar da chuva”, revelou.
O mesmo pensamento é o da Lindinalva Batista Guedes, que vende pipocas e se admirou com a quantidade de vendas que fez durante a noite. “Esse é o primeiro ano que vim trabalhar aqui e superou minhas expectativas. Muitas crianças na festa e o movimento está muito bom mesmo”, disse.
Todos eles foram cadastrados pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) de João Pessoa. “É uma festa muito importante para a cultura do município. Houve todo um planejamento por parte da Prefeitura Municipal para o evento e, graças a Deus, está dando tudo certo”, afirmou o secretário adjunto da Sedurb, José Bezerra.
História – A brincadeira começou na Europa, disseminada por ciganos que percorriam as cidades com seus animais presos a uma corrente e dançando de porta em porta em troca de algumas moedas. A figura central era o urso, geralmente um homem vestindo um velho macacão coberto de estopa, veludo, pelúcia ou agave e com uma máscara de papel-machê, preso por uma corda na cintura e segurado pelo domador.
A ala ursa hoje dança ao som de toadas do próprio grupo ou de sucessos das paradas carnavalescas. No Carnaval Tradição, a orquestra do urso é geralmente formada por surdo, tambor, latas, repiques e ganzás. Desde 2010, essas agremiações foram inseridas no calendário de apresentações do Carnaval Tradição.
Estrutura – O desfile das 42 agremiações do Carnaval Tradição conta com uma estrutura preparada pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) que inclui duas arquibancadas com capacidade para 12 mil pessoas, mais camarotes para jurados, imprensa e portadores de deficiência, um pórtico e um painel de led que faz a contagem do tempo para a sua passagem. Cinquenta banheiros (dez desses adaptados) também foram instalados.
Programação do Carnaval Tradição:
Terça-feira (17/02)
Categoria Clubes de Orquestra de Frevo
18h30 – Adolescente e Criança Feliz
19h05 – A Corda do Frevo do Bairro da Torre
19h40 – Piratas de Jaguaribe
20h15 – Dona Emília
20h50 – Alegria do Frevo
21h25 – Gigantes do Frevo da Torre
22h – São Rafael Frevo e Folia
22h35 – Ciganos do Esplanada
23h10 – Bandeirantes da Torre
23h45 – Tupi Guarani

WSCOM Online
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.