Manoel Júnior recusa presidir CPI da Petrobrás na Câmara Federal



Manoel Júnior disse que espera poder emplacar sugestões de nomes para o segundo escalão

 O deputado federal Manoel Júnior resolveu não aceitar sondagem feita para que ele presida a nova CPI da Petrobrás na Câmara dos Deputados, conforme informações chegadas ao Portal WSCOM Online.
"Neste ano pretendemos investir em novos projetos e propostas como a Reforma Política, por isso não vamos ocupar missões como esta", justificou.
Manoel Júnior disse que espera poder emplacar sugestões de nomes para o segundo escalão, a partir da fase pós-carnaval.
Da Redação
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.