Ex-detento tenta matar rival, mas erra alvo e mata criança de sete anos no Sertão


Crime aconteceu na noite desse sábado, na cidade de Patos; suspeito foi preso
Divulgação
Imagem Ilustrativa
Uma criança de sete anos morreu após ser baleada na noite desse sábado (7) na cidade de Patos (Sertão do estado, a 307 km de João Pessoa). O crime aconteceu por volta das 21h. O autor dos disparos, um jovem de 22 anos, foi preso. A arma usada no crime foi apreendida e estava descarregada.

De acordo com o delegado Rônis Fernandes, o suspeito queria matar um rival, mas errou a pontaria e acabou atingindo a criança e um homem, ambos vizinhos de seu inimigo.  As duas vítimas foram socorridas para o Hospital Regional de Patos por uma ambulância do Corpo de Bombeiros. A menina morreu logo após dar entrada no hospital e o vizinho segue internado na unidade de saúde. Segundo a polícia, o estado dele é grave.
“O suspeito e o homem que seria o alvo dele tiveram desavenças na época em que cumpriam pena por tráfico no Presídio Regional de Patos. Há cerca de cinco meses o suspeito deixou a prisão e começou a planejar o atentado contra a vida do rival, que foi solto recentemente. Ele armou uma emboscada para o rival, conhecido como “Orelha”, mas os disparos efetuados acabaram atingindo dois inocentes”, disse o delegado, ao Portal Correio.
Rônis Fernandes informou ainda que o autor dos disparos foi preso e autuado em flagrante por homicídio qualificado e posse ilegal de armas. Ele já voltou para o Presídio Regional de Patos. Conforme o delegado, este não foi o primeiro crime cometido pelo suspeito após deixar a prisão. “No final do ano passado, a esposa dele o denunciou por violência doméstica”. Portal Correio
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.