Ex-companheiro não supera separação e atira em criança e três mulheres no Sertão


Suspeito foi preso após buscas realizadas pela Polícia Militar e recebeu os oficiais ainda armado com a mesma espingarda utilizada no crime
Reprodução/Mais Patos
Delegacia de Polícia Civil de Patos
Um homem de 32 anos foi preso após praticar um atentado a tiros contra uma ex-companheira e parentes dela, incluindo uma criança de três anos, que foi baleada na cabeça, no município de Condado, no Sertão da Paraíba, a 377 km de João Pessoa.



Segundo informações da polícia, o suspeito não aceitava a separação. Ele utilizou uma espingarda de calibre 28 na ação criminosa. As mulheres foram atingidas nas pernas e no abdômen e foram levadas ao Hospital Regional de Patos. A instituição informou que elas já estavam fora de perigo. A criança permanecia em estado grave e teve que ser transferida para o Hospital de Trauma de Campina Grande, onde seguia internada na UTI.

Segundo o sargento Linhares, da Polícia Militar de Patos, foram feitas buscas que levaram à residência do suspeito. No local, ele recebeu a PM armado com a mesma espingarda, mas foi controlado e detido.Portal Correio

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.