Três trabalhadores ficam feridos após explosão em refinaria na Bahia


Incidente ocorreu em um vaso da Unidade Geradora de Hidrogênio durante a realização de um serviç  












Uma explosão na Refinaria Landulpho Alves, instalada em Candeias, na região metropolitana de Salvador, deixou três trabalhadores feridos no domingo (18).

De acordo com a Petrobras, o incidente ocorreu em um vaso da Unidade Geradora de Hidrogênio durante a realização de um serviço.

Segundo o Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro-BA), um caldeireiro teve 70% do corpo queimado e fratura, outro caldeireiro teve queimaduras em 25% do corpo, e uma observadora teve 10% do corpo queimado, além de corte na cabeça. A categoria afirma que a explosão gerou deslocamento do ar que projetou os trabalhadores contra outras estruturas da refinaria.

Em nota, a Petrobras informou que os feridos foram "prontamente atendidos pela equipe médica da refinaria, encaminhados ao hospital, e a companhia está prestando a assistência necessária". A empresa garante que todos os serviços da parada de manutenção foram interrompidos para averiguação das causas do acidente.

A Petrobras afirma ainda que "não houve danos ao meio ambiente e o abastecimento ao mercado não será afetado".

Protesto

Uma manifestação é realizada na manhã desta segunda-feira (19) em frente a Refinaria Landulpho Alves. Segundo o Sindicato dos Petroleiros da Bahia, o ato é realizado para cobrar mais segurança no local. Até por volta das 9h, o protesto não havia sido encerrado.

G1
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.