Sobram vagas em shoppings populares, mas ruas da Capital têm mais de 300 ambulantes


Comerciantes informais que quiserem continuar trabalhando no Centro têm que permanecer circulando com os produtos, uma vez que o Código de Posturas do Município não permite permanência em ponto fixo
Hermes de Luna
Ambulantes ocupam ruas e dificultam acesso dos pedestres
O Centro de João Pessoa vem passando por uma reordenamento em relação à ocupação das ruas por ambulantes neste mês. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) a ação está em fase de levantamento de dados para constatar quantos desses comerciantes ocupam os locais destinados à circulação de pedestres; até a averiguação realizada nessa sexta (16) cerca de 330 pessoas foram identificadas, em contrapartida existem boxes vazios em shoppings populares de João Pessoa, mas ainda sem previsão de ocupação.

Leia também: Ambulantes fazem protesto contra ações de reordenamento no Centro da Capital
De acordo com a Sedurb, os comerciantes informais que quiserem continuar trabalhando no Centro têm que permanecer circulando com os produtos, uma vez que a lei do Código de Posturas do Município não permite que o fluxo de passeio público seja comprometido.
 Portal Correio
De acordo com o secretário da pasta, Hildevânio Macêdo, medidas estão sendo tomadas para otimizar o reordenamento. “Na semana passada, a Secretaria montou duas tendas na Lagoa para os comerciantes informais se apresentarem e dar informações junto a Prefeitura, como há quanto tempo trabalha, qual mercadoria é vendida, a natureza desse produto, qual rua ele frequenta”, disse ele.
Ainda de acordo com o secretário, agentes de controle urbano estão fiscalizando e orientando comerciantes sobre a proibição da permanência desses trabalhadores em pontos fixos das ruas e devem continuar agindo para impedir que a lei seja descumprida.
Sobre a realocação dos comerciantes, o secretário informou que parte deles deve ir para os shoppings populares da Capital que possuírem vagas e procedimentos já estão sendo realizados.
“Desde a quarta-feira (14), foi criada uma comissão em conjunto com os representantes da Associação dos Ambulantes e Trabalhadores em Geral da Paraíba (Ameg-PB) e do Sindicato dos Ambulantes da Paraíba para buscar alternativas de curto, médio e longo prazos, para solução dessa situação”, afirmou.
A Sedurb informou ainda que deve concluir a contagem de comerciantes informais e de boxes públicos vazios e deve realizar depois do carnaval o sorteio dos espaços, que surgiram por desistência de antigos ocupantes. Para disputar uma vaga, o interessado deve procurar a secretaria para informar os dados pessoais.

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.