Justiça bloqueia dinheiro das contas pessoais da secretária estadual da Administração, Livânia Farias


Livânia Farias secretaria
A Justiça do Trabalho na Paraíba, através de decisão do juiz substituto da 6ª Vara, George Falcão Coelho Paiva, bloqueou R$ 80.253,40 das contas bancárias pessoais da secretária estadual da Administração, Livânia Farias, e do presidente da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa), José Tavares Sobrinho, referentes a 1% do montante total de uma ação trabalhista impetrada pelo Sindicato dos Engenheiros do Estado da Paraíba, no valor de R$ 8.025.341,75.

O reajuste salarial deveria ser implantado nos contracheques dos engenheiros da Empasa.

O juiz também solicitou ao Ministério Público Federal (MPF) a apuração do crime de desobediência. O advogado do sindicato, Antônio Barbosa Araújo, explicou que a penalidade foi aplicada pelo descumprimento da imediata implantação do reajuste salarial no percentual de 12%, previsto no Dissídio Coletivo 3.602/2004 para 27 engenheiros no ano de 2005.

No mesmo ano, o sindicato entrou com a ação e ganhou a causa em todas as instâncias, mas até agora a decisão judicial não foi cumprida pelo Estado.

Segundo o advogado, Livânia Farias protocolou na última segunda-feira uma petição na Justiça garantindo que os salários reajustados serão pagos a partir do mês de janeiro.

MaisPB
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.