Centrais sindicais realizam protestos contra Dilma em João Pessoa


Dilma Rousseff
Dirigentes das mais diversas centrais sindicais e movimentos populares organizados de João Pessoa, se concentram, a partir das 09h30 desta quarta-feira (28), no Ponto de Cem Réis, para protestar contra as medidas provisórias da presidente Dilma Rousseff (PT), que, segundo eles, suprimem direitos trabalhistas, tanto na espera do serviço público, como do setor privado. Trata-se do “Dia Nacional de Lutas em Defesa dos Direitos e do Emprego”.

Em maior destaque, estão as medidas provisórias de nºs 664 e 665, que tratam das novas regras sobre pensão, auxílio-doença e seguro-desemprego, e que agora estão sob análise do Congresso Nacional, para serem aprovadas, ou não.

A Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST) e a Central Geral de Trabalhadores do Brasil (CGTB), na Paraíba, vêm se preparando, para a mobilização de amanhã, desde a semana passada, inclusive recrutando trabalhadores e sindicalistas de cidades do porte de Patos, Campina Grande, Sousa e Cajazeiras, e seus dirigentes dizem acreditar num resultado, a nível nacional, que venha a demover o governo federal do propósito de levar, a diante, esse intento.

Para os presidentes das duas entidades, respectivamente, Antônio Erivaldo e Francisco de Assis Pereira, mais conhecido como Chico do Sintram (foto), a presidente da República, com iniciativas como essas, comete atos de traição à confiança do povo brasileiro e, em particular, contra as classes trabalhadoras. Segundo eles, Dilma Rousseff, em discursos político-eleitorais, nas campanhas de 2010-2014, se comprometeu a manter, intactos, direitos e garantias trabalhistas dos trabalhadores, o que agora, como vêm, está fazendo, exatamente, o oposto.

MaisPB
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.