Acusados de torturar, estuprar e matar uma criança são presos


No corpo do menino havia marcas de queimadura, feitas com cigarro

Antônio Abílio dos Santos tem 26 anos e Josélia Geruza Gomes tem 30 anos






Uma mulher, um homem e dois adolescentes, de 16 e 17 anos, foram presos na tarde desta quarta-feira pela Polícia Civil alagoana, acusados de torturar, estuprar e matar uma criança de seis anos. O corpo da vítima foi encontrado na fazenda Roçado, zona rural do município sertanejo de Inhapi - 271 km de Maceió - no último sábado, 3 de janeiro. Ela estava desaparecida.


A Polícia divulgou os nomes dos acusados (exceto os menores). Antônio Abílio dos Santos tem 26 anos; Josélia Geruza Gomes tem 30 anos. Segundo as investigações, conduzidas pelo delegado Rodrigo Cavalcante, Josélia teria atraido a criança - identificada como José Paulo Gomes da Silva - que havia saído de casa na direção de um barreiro (espécie de açude).


No corpo do menino, havia marcas de pontas de cigarro. A criança foi estuprada e, em seguida, assassinada.


Antônio Abílio é acusado em mais dois estupros em Inhapi.


“Após a morte, os acusados jogaram o corpo em um açude, para simular afogamento”, explicou o delegado Rodrigo Cavalcante. “A cidade está revoltada com este crime. A população ficou estarrecida”, completou o investigador. Os acusados estavam em Inhapi e na cidade de Batalha (192 km da capital alagoana).


Terra
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.