SMS estimula hábitos alimentares saudáveis nas crianças dos Creis


A ação foi idealizada pela nutricionista Emília Cele

Algumas crianças têm o primeiro contato com frutas, legumes e verduras em casa, mas nem sempre é assim. Uma parceria entre as secretarias de Saúde (SMS) e de Educação (Sedec) tem apresentado e estimulado a alimentação saudável com consumo de frutas para as crianças entre dois e seis anos dos Centros de Referencia em Educação Infantil (Creis).

ação foi idealizada pela nutricionista Emília Cele e conta com o apoio de estudantes de nutrição e medicina da Rede Escola, além dos agentes de saúde e professores dos centros.

Quando a equipe chega, a animação das crianças é vista nos olhos e nos gestos. Muitos ali têm o primeiro contato com algumas frutas naquele momento e a ansiedade de sentir o gosto pela primeira vez se mistura com a vontade de conhecer novos sabores. Não importa se é laranja, manga, limão ou tomate, até quem não come nenhum tipo de fruta acaba entrando na brincadeira e experimentando.

O pequeno Léo, de quatro anos, já sabe a importância de se alimentar bem. “Eu gosto de comer as frutas porque as tias dizem que é bom pra gente”, comentou.

“A oficina tem como finalidade estimular o gosto pelas frutas, e é desta forma que incentivamos a alimentação saudável, que deve ser adquirida desde cedo, principalmente quando criança” orienta Emília Cele. Ainda de acordo com a nutricionista, a formação dos hábitos alimentares na infância favorece a saúde, o que permite o desenvolvimento normal da criança e previne várias doenças crônicas degenerativas na idade adulta.

De acordo com a nutricionista e integrante do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), Valéria Tenório, a oficina de frutas está despertando nas crianças o hábito e o prazer de comer frutas e outros alimentos saudáveis, assim como o de comer doces.

“A oficina estimula além do paladar, a socialização das crianças. O centro também proporciona um cardápio saudável durante as refeições, que são ofertadas ao longo do dia”, afirma Ana Rakércia, professora do Crei José de Carvalho Costa Filho, localizado no bairro do Altiplano.

O projeto já foi implantado nos Creis do Distrito Sanitário V e a previsão é de que, até o próximo ano seja implantado nos outros centros. “A maior recompensa é saber que no futuro essas crianças serão adultas com uma boa alimentação”, contou a nutricionista, Emília Cele.

Estrutura – Os Centros de Referência em Educação Infantil seguem padrões em sua infraestrutura. As salas são climalizadas, com decoração temática para as crianças. As unidades possuem playground, sala de repouso, fraldário, sala de informática, com notebooks contendo softwares voltados para atividades infantis, pátio coberto e lactário, entre outros espaços.

A equipe multiprofissional é formada, entre outros, por berçaristas, lavadeiras, professores, monitores, técnico em pedagogia, cozinheiros, auxiliar de serviços e vigilante. As unidades funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

Matrículas – Para matricular os filhos, os pais ou o responsável devem procurar o Crei mais próximo da sua residência com os seguintes documentos: Xerox do Registro de Nascimento, Cartão de Vacinação, Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), comprovante de residência, Xerox da Carteira de Identidade (RG) e CPF dos pais ou responsáveis.
Secom JP
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.