Prefeito de Queimadas garante novo reajuste para servidores



“Essa é uma despesa real com a qual nos preocupamos e o nosso servidor tem recebido em dia".

O prefeito de Queimadas, Jacó Maciel fez um balanço dos dois anos de governo e destacou que apesar da oscilação dos recursos oriundos do Governo Federal, o município avançou e vem se desenvolvendo positivamente. Durante entrevista concedida no Programa Opinião, da TV Borborema, Jacó falou sobre os investimentos feitos nas áreas de Infraestrutura, Educação, Saúde, Ação Social, entre outras. Ele também anunciou mais um reajuste para o servidor público em janeiro de 2015. Confira na íntegra a entrevista com o chefe do Executivo municipal.
“Estamos fazendo uma gestão operosa e apesar da oscilação das verbas do Governo Federal, nós prefeitos temos uma preocupação a cada mês de não ter, na realidade, uma certeza da vinda desses recursos, mas em Queimadas nós temos o cuidado com o que é real em relação às despesas mensais, portanto, temos conseguido avançar positivamente nesses dois anos de administração. E para o próximo ano já temos garantido mais um reajuste para o servidor público, sendo este, o segundo durante a nossa gestão”, justificou.
O ponto alto dessa positividade na administração do prefeito Jacó Maciel está intrinsecamente vinculada à transparência dada a sua gestão e ao zelo com o dinheiro público. “É com transparência e zelo com o dinheiro público que temos conseguido avançar e se desenvolver cada vez mais com uma gestão operosa e fazendo valer a confiança do povo da nossa cidade”, destacou Jacó.
O prefeito destacou que encontrou a Prefeitura de Queimadas numa situação financeiramente difícil e revelou que o salário da Educação estava atrasado e com um débito no Instituto de Previdência de quase R$ 4 milhões. No primeiro ano de governo, Jacó Maciel fez questão de pagar cerca de R$ 700 mil desse débito. “A cada ano temos a preocupação em reduzir este valor junto a Previdência, afinal fomos eleito com o pensamento de procurar zelar o dinheiro do povo e proporcionar melhorias e desenvolvimento para a Cidade”, disse.
Saúde
Na Saúde, o prefeito Jacó Maciel destacou reformas, ampliação e aquisição de equipamentos de última geração em várias Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF’s). A Secretaria de Saúde também se empenhou em todas as campanhas de prevenção difundidas nacionalmente e com resultados positivos. “Recentemente entregamos três dessas Unidades totalmente reformadas, ampliadas e equipadas com equipamentos de última geração para atender melhor a nossa população. Investimento esse na ordem de mais de R$ 150 mil. Adquirimos seis veículos para atender à população de Queimadas”, pontuou.
Educação
As escolas municipais de Queimadas foram encontradas totalmente sucateadas. O prefeito Jacó Maciel durante esses dois anos de gestão já reformou, ampliou e equipou em média 15 destas unidades educacionais. “A situação dessas escolas eram complicadíssimas. As encontramos sem piso, sem banheiros, sem telhados e nós estamos conseguindo recuperá-las fazendo reformas de verdade e com padrão de qualidade. Antes só existiam pinturas, hoje estamos incrementando e colocando cerâmica no piso e nas paredes, além de investirmos também em equipamentos novos para todas elas, tanto na zona urbana, quanto na zona rural”, pontuou Jacó Maciel.
O prefeito destacou que sua preocupação com as crianças que antes não tinham estímulo para assistir aula em situação degradante. “Estamos levando esse padrão de qualidade em respeito ao aluno que ali mora, as crianças que ali residem, que viviam nessa situação difícil de estudar. As crianças não tinham estímulo de ir para a sala de aula porque estavam em sua sala de aula sem carteira, num piso com metro quadrado completamente quebrado, sem banheiro e tendo que fazer suas necessidades fisiológicas fora da escola. Essa foi a realidade que encontramos na Educação”, explicou Jacó Maciel.
Aquisição de automóveis
Durante os dois anos de gestão, Jacó Maciel adquiriu sete novos veículos com recursos próprios do município e para o ano que vem, o prefeito garantiu que estará comprando mais 12 carros para atender as Secretarias de Ação Social, Educação, Saúde e Infraestrutura, além de 10 motos para os agentes comunitários de Saúde.
Reajuste salarial
Um dos avanços mais importantes nesses dois anos de gestão do prefeito Jacó Maciel foi com relação à valorização do servidor. Há oito anos, os servidores estavam sem reajuste e já no primeiro ano de gestão, Jacó concedeu um aumento de 11% a todos os servidores do magistério e de 35% aos agentes de Saúde. “Nosso agente tem o maior salário do Estado e o nosso professor só perde para a Capital. Apesar de não podermos nos comparar com a Capital por toda a receita que João Pessoa arrecada, mas o professor em Queimadas recebe próximo de um professor da Capital”, destacou Jacó.
Salários em dia
Queimadas é uma das poucas prefeituras do Estado que tem mantido suas obrigações em dia junto ao servidor. O prefeito Jacó Maciel além de pagar em dia o servidor público, já pagou o 13º deste ano. “Essa é uma despesa real com a qual nos preocupamos e o nosso servidor tem recebido em dia. Graças a Deus, conseguimos mais uma vez fechar o ano com uma situação financeira equilibrada. O servidor se encontra em dia desde o primeiro instante em que assumimos o governo. O servidor não tem tido preocupação em receber seus vencimentos na nossa gestão”, frisou o prefeito.
Agricultura
A gestão do prefeito tem uma preocupação e uma atenção como homem do campo e nesses dois anos de gestão, a Prefeitura empenhou mais de três mil horas de trator no corte de terra na zona rural de Queimadas. “A gente tem tido um respeito com o homem do campo para poder ajuda-lo, principalmente agora que temos enfrentado a maior seca dos últimos 50 anos no nosso estado, mas a Prefeitura tem incentivado ao homem do campo e feito tudo que pode para amparar de maneira digna a todos os agricultores na zona rural da nossa cidade”, justificou Jacó Maciel.
Concurso Público
O prefeito de Queimadas realiza concurso público para mais as áreas de Saúde e Educação, sendo 182 vagas disponíveis. As inscrições estiveram disponíveis até o último dia 23 e as provas serão realizadas em janeiro próximo e os aprovados serão contratados imediatamente.
Queimadas sem sede
Queimadas têm mais de três mil cisternas cadastradas para serem abastecidas. Em períodos que chovem este número reduz, mas em média a Prefeitura tem investido com recursos próprios cerca de R$ 150 mil por mês para abastecê-las. Segundo o prefeito Jacó Maciel, o governo federal ajudava no programa de abastecimento de água, mas em janeiro deste ano cortou os recursos e a partir daí, o município tem se responsabilizado por esta importante política pública. “Só neste período de dois anos de gestão, já investimos cerca de R$ 2 milhões aproximadamente para garantir o abastecimento de água para a nossa população”, explicou.
Jacó destacou ainda que a situação de Queimadas é atípica em relação as demais cidades do estado, no que se refere ao abastecimento de água, justamente por ter a maior zona rural da Paraíba. O chefe do executivo municipal destacou ainda o aumento que concedeu aos pipeiros de quase 100%. “Algumas localidades distam mais de 10 km da sede de abastecimento, o que acarreta um custo real, mas mesmo assim temos cumprido nossa obrigação. Concedemos ainda, aos pipeiros, um aumento e hoje pagamos pelo carro pipa R$ 104. Antes era pago o valor de R$ 60, o que não era compatível com a realidade destes profissionais que estavam há anos sem receber um reajuste”, destacou.
Termelétrica
Assim que assumiu a Prefeitura de Queimadas, o prefeito Jacó Maciel buscou resolver o impasse a respeito da Termelétrica e se reuniu várias vezes com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues com o intuito de chegarem a um denominador comum. Segundo Jacó, foi feito um acordo e ficou decidido que 50% pertencerão ao município de Queimadas e os outros 50% a Rainha da Borborema.
“Essa briga acabou. Era uma briga jurídica que não sabíamos onde iria parar. A Prefeitura de Queimadas não pode perder receita, como a de Campina também não, por conta da situação que nós enfrentamos no dia a dia. Tinha um acordo e a ALPB concedeu que ficássemos com 50% e 50% para Campina. Só que até então, esse dinheiro ainda não teve como chegar. Estamos esperando apenas um despacho do juiz, onde já está decidido. Acredito que agora em janeiro, essa verba já possa vir para os cofres do município e nos ajudará a administrar e investir cada vez mais”, explicou Jacó.
Expectativas com relação ao governador Ricardo Coutinho
Jacó acredita que o governador Ricardo Coutinho possa dar continuidade ao que vinha realizando na cidade, afinal foi reeleito e teve no povo da Paraíba o reconhecimento por seu trabalho. “Atualmente, Queimadas tem obras paralisadas pelo Governo do Estado há mais de seis meses, a exemplo da policlínica. Espero que nesses próximos dois anos, o governador possa retomar essa e outras obras o mais rápido possível, afinal não são obras para o prefeito, mas para o povo de Queimadas que também espera por isso”, disse.
Prioridades para 2015
O prefeito Jacó Maciel disse que as prioridades para o próximo ano é de dar continuidade as obras que já vem realizando na Cidade. Ele garantiu que os investimentos em Educação, Saúde e Infraestrutura terão continuidade em seu governo. “Posso garantir que temos investido muito na Educação, continuaremos reformando e construindo escolas, comprando carros. Na Saúde, também continuaremos reformando e construindo postos de saúde. Temos projetos importantes na Infraestrutura, a exemplo do distrito do Ligeiro, onde estamos realizando uma obra de esgotamento sanitário na ordem de R$ 800 mil”, destacou.
A zona urbana também continuará recebendo investimentos de pavimentação na ordem de R$ 2 milhões. Valor este conseguido pelo deputado federal Aguinaldo Ribeiro. Os bairros da zona urbana continuarão recebendo benefícios nesse sentido. “2015 promete muito e acredito que será o ano que vamos realizar e concluir aquilo que demos início este ano. Concluiremos muitas obras importantes para o município”, disse Jacó.
Jacó revelou ainda que pretende conceder mais um reajuste ao servidor público e este será de aproximadamente 25%. “Demos um aumento no primeiro ano do nosso governo e para o próximo ano, já agora em janeiro pretendemos conceder mais um reajuste na ordem de 25%. Nossa pretensão é fazer com que nenhum servidor receba apenas um salário mínimo e até o final da nossa gestão, isso será uma realidade. Enquanto o governo federal concede reajustes de 6% a 7% a seus servidores, nós atrevidamente damos 25%. Isto sim é valorização do servidor público”, finalizou.

Assessoria de Imprensa
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.