Nível do Sistema Cantareira, em São Paulo, segue estável em 7,3%


Cantareira é o maior sistema de abastecimento da Grande São Paulo e atende 6,5 milhões de pessoas na região








Com uma chuva fraca, o nível do Sistema Cantareira apresentou nova estabilização e se manteve em 7,3% nesta segunda-feira (29), mesmo registrado no domingo (28). Já é o décimo dia no mês em que o índice das represas não apresenta queda.

Dos dez dias de recuperação em dezembro, em sete deles o nível se estabilizou, e em outros três ele chegou a subir. Foi a única vez no ano em que o nível aumentou três vezes seguidas, dos dias 24 a 26.

Entre domingo e segunda-feira, foi registrado apenas 1,1 mm de chuva. Na Grande São Paulo, a chuva com vento derrubou mais de 100 árvores. As precipitações que atingiram os reservatórios nos últimos dias, no entanto, ajudaram na recuperação. Foram 144,6 milímetros de precipitação no mês até agora. A média histórica, porém, ainda está longe de ser alcançada: 220,9 milímetros.

A situação de recuperação é a melhor do ano. Antes de dezembro, o mês com mais dias sem queda havia sido abril. Na época, foram oito dias de recuperação: seis estabilizações e dois aumentos.

O Cantareira é o maior sistema de abastecimento da Grande São Paulo e atende 6,5 milhões de pessoas na região.

G1
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.