Polícia Militar cerca fazenda e tenta desejar posseiros em Mogeiro

#portalbrejonews #noticia #brejonews



A fazenda, que tem 700 hectares, é um dos locais de conflito de terra no Estado.

A Polícia Militar está desde as primeiras horas de hoje cercando a fazenda Paraíba, em Mogeiro, para cumprir uma ação de despejo contra 30 famílias de posseiros que lutam pela posse da terra. A fazenda, que tem 700 hectares, é um dos locais de conflito de terra no Estado.

Segundo a Irmã Tânia, coordenadora da Comissão Pastoral da Terra (CPT), que está no local neste momento, as famílias estão resistindo e tentando negociar a permanência na terra onde elas moram há 50 anos.
A fazenda Paraíso vem sendo considerada um local de conflito no estado, com constantes denúncias de ação de capangagem.

Em junho deste ano,o deputado estadual Frei Anastácio (PT), enviou ofício à Secretaria de Segurança Pública, solicitando providências contra a ação de capangas na fazenda. “Os capangas já queimaram casa e utensílios domésticos, destruíram lavouras e promovem constantes tiroteios na área”, disse Frei Anastácio.

O deputado chegou a enviar ofício à Secretaria de Segurança solicitando apuração dos fatos na fazenda. Ele disse que os posseiros já foram várias vezes prestar queixa na delegacia de Mogeiro e não conseguiram fazer o boletim de ocorrência.

“Esses capangas são pagos para aterrorizar os posseiros, pelo proprietário da fazenda, José Guilherme, que também é dono da usina Maravilha e a Curangi, em Pernambuco”, informou o deputado.
da Redação (com assessoria)
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.